9 de out de 2010

FOI DEUS QUEM FEZ VOCÊ - AMELINHA




Foi Deus que fez o céu, o rancho das estrelas
Fez também o seresteiro para conversar com elas
Fez a lua que prateia minha estrada de sorrisos
E a serpente que expulsou mais de um milhão do paraíso
Foi Deus quem fez você
Foi Deus que fez o amor
Fez nascer a eternidade num momento de carinho
Fez até o anonimato dos afetos escondidos
E a saudade dos amores que já foram destruídos
Foi Deus
Foi Deus que fez o vento
Que sopra os teus cabelos
Foi Deus quem fez o orvalho
Que molha o teu olhar, teu olhar
Foi Deus que fez as noites
E o violão pra gente
Foi Deus que fez a gente
Somente para amar, só para amar
FOI DEUS!

"Nessa passagem que é a vida terrena muitas vezes nos sentimos sós, sem rumo, sem ninguém para nos apoiar. Quantos são os dias que nos perguntamos o por quê de tanta solidão e como nos livrarmos dela. Mas também quantas foram as vezes que nos permitimos olhar ao nosso redor, sem medos e receios, e realmente enxergar as pessoas como nosso próximo, nosso companheiro, e conseguimos entregar nossos mais puros sentimentos à elas. Quantas foram as vezes que nos permitirmos nos curar dessa solidão, demonstrando tais sentimentos aos nossos próximos e permitindo que um irmão nos abraçasse.


Deus não nos abandona nunca...Deus coloca sempre pessoas em nossos caminhos para nos ajudar nas duras provas e expiações que nos propomos a enfrentar. Deus é todo amor e misericordia e nunca abandona seus filhos...


Devido ao nosso imenso materialismo, muitas vezes não conseguimos alcançar estas mãos tão misericordiosas, que nos parecem tãos distantes, e acabamos por nos perder nas batalhas da vida...encontrando somente solidão e medo pelo caminho. E nesses momentos, se abrirmos nosso coração, perceberemos que Deus coloca "alguém" no nosso caminho. Alguém realmente palpável, suscetível de erros e acertos exatamente assim como nós, alguém que tenha um carinho para dar, alguém que saiba compreender nossos defeitos e qualidades...alguém de carne e osso, exatamente como nós.


E esse alguém chega para dar uma mão amiga e um abraço carinhoso nas horas mais dificeis. Alguém que enxuga nossas lágrimas nos momentos mais tristes, e nos mais felizes também. Alguém que nos escuta e nos compreende com o coração e com a alma. Alguém que nós podemos contar sempre, seja a hora que for e o motivo que for.


E esse alguém pode estar num simples vizinho, pode ser um amigo/amiga, pode ser um namorado ou um marido, pode ser um primo ou um tio, pode ser um professor, pode ser um colega de caminhada...pode ser qualquer um com boas intenções e amor no coração.Um amor próximo do que o Pai sente por nós, um amor puro e verdadeiro, um amor de irmão, um amor regado de compaixão, humildade e simplicidade...


E essa solidão se finda quando nos permitimos deixar amar e quando abrimos os olhos das almas para tais companheiros. E essa solidão se finda quando seguramos com força e coragem a mão de nosso "anjo". E todas as serpentes, e todos os afetos escondidos, e todos os amores destruidos, e todas as dores se tornam fardos mais leves e carregáveis. E os elementos mais sutis se tornam alimentos para a nossa alma.



E nesse momento temos a certeza e podemos cantar com toda força..."foi Deus quem fez você", pois só um ser tão Supremo é capaz de tamanha compaixão com seus filhos."

2 comentários:

  1. Como é bom ver essa juventude percebendo a beleza do mundo ao seu redor. É de bom gosto a música da Amelinha, para mim é especial porque meu papai que já se foi cantava muito esta música quando eu era criança (faz tempo,Rrsrsrsrsr). Voce é linda, inteligente e sábia, continue assim! Sandra Godoi

    ResponderExcluir
  2. Obrigada Sandra! Muita luz na sua vida :-)

    ResponderExcluir