20 de set de 2011

ABRIGO ÍNTIMO

"Deus tem inúmeras formas de falar conosco. ELE demonstra a sua presença e nos fornece respostas às nossas inquietações de inúmeras formas: um sentimento bom, uma pessa que chega e nos acolhe, uma palavra que nos edifica, um gesto que nos levanta. Enfim, poderíamos ficar aqui o dia todo listando como Deus está presente em nossas vidas, mas, como somos ainda tão pequenos e tolos, teimamos em não notá-lo. Às vezes até achamos que cremos Nele, mas é só a tempestade chegar que já nos esquecemos. Ao ler está mensagem, obtive a resposta das diversas questões que tenho levado para Deus diante das situações que tenho vivido ultimamente. Esta mensagem veio como uma cachoeira que lavou a minha alma e me acordou para a vida. Pois é, eu ainda sou muito falha; ainda preciso praticar minha fé; ainda preciso acreditar mais nos planos divinos; ainda preciso aprender a confiar mais em mim. Mas, acima de qualquer coisa, eu ainda preciso aprender sentir a presença de Deus na minha vida e dentro de mim (e não nas coisas externas) e, a partir daí, construir o meu abrigo íntimo, o qual me protegerá de todas as chuvas, trovoadas, vendavais. Peça e obterais; busca e acharás; questione e aguarde, pois a resposta de nossas orações chegam, talvez não da forma como pedimos, mas com toda certeza da forma como necessitamos. Que esta mensagem possa auxiliar outros corações assim como auxiliou o meu!"




Pedes abrigo no tumulto que habitualmente aparece diante das grandes renovações. Entretanto, as possibilidades para o levantamento de semelhante refúgio estão em ti mesmo.

Rememora a proteção sob a qual vieste ao Plano Físico. De nada dispunhas, além do amor com que te acolheram, no entanto, não te faltou apoio para o crescimento nem luz bastante para que se te clareassem os pensamentos.

Relaciona os empréstimos da vida com que o mundo te vinculaste: oportunidades que te honraram; afetos que te surgiram; meios que obtiveste; lições que te enobreceram. Soma as bençãos que te enriquecem e pensa na aplicação respectiva que se te pede para a elevação do futuro.

Constrói, por dentro do próprio ser, o abrigo de entendimento que solicitas, no qual possas desfrutar segurança e irradiá-la de ti.

Agradece a tarefa que a vida te concebeu.

Trabalha confiando no êxito do bem.

Usa os patrimônios da vida sem desperdiçá-los.

Não retenhas vantagens com evidente prejuízo dos outros.

Se erraste, corrige-te sem precipitação em desespero.

Não admitas o fracasso por perda definitiva e sim por ensinamento necessário ao triunfo.

Aceita os outros como são sem violentar-lhes o modo de ser e sem permitir que te destruam as realizações e os ideais.

Segue o teu próprio caminho, compreendendo e amando sempre.

Assume as responsabilidades com que te deves conduzir, sem qualquer intromissão no comportamento alheio.

Participa da existência, ofertando as tuas atividades ao montante do benefício comum.

Não te retardas em sombras de ressentimento ou irritação, contra experiências de que ainda precisas.

Segue adiante, pensando no bem, falando no bem, agindo no bem e edificando para o bem, sem perder o tesouro das horas.

E suceda o que suceder, estarás em segurança, porque assim reconhecerás que a segurança inviolável em nós é a presença de Deus.

FONTE: Livro Busca e Acharás, de Francisco Cândido Xavier pelos Espíritos Emmanuel e André Luiz

Nenhum comentário:

Postar um comentário