7 de set de 2010

O COMEÇO DE UMA NOVA ERA

Por muitos anos, não sei dizer ao certo quantos, busquei minha felicidade em todos os lugares e em várias pessoas. Eu acreditava piamente que só seria feliz quando tivesse minha própria casa, quando tivesse um carro, quando tivesse um namorado, quando tivesse uma roupa nova, quando tivesse amigos, quando tivesse popularidade...enfim, tudo se resumia ao TER. E onde isso me levou? Praticamente ao fundo do poço, onde mora o chupa cabras (como diria meu professor de Língua Portuguesa do cursinho). E, num belo dia, como num despertar e depois de uma graaaaaaaaaande desilusão amorosa, eu descobri que a felicidade relativa está dentro de nós. Incondicionalmente, invariavelmente, independentemente...ela está DENTRO de nós mesmos. E, então, ergueu-se um véu e eu percebi quanto tempo demorei para compreender isso; quanto tempo demorei para sair da ilusão do materialismo. Hoje vejo o mundo diferente. Meus olhos são outros, meus ouvidos são outros, minha mente é outra, meu corpo é outro, meu espírito é outro. Minha vida é outra. O que era necessidade antes, hoje se tornou algo insuportável. Hoje, o caminho que eu escolhi, me mostra diariamente que a felicidade está em ser paciente com o próximo, em ter ouvidos para aquele que quer desabafar, em ter uma palavra amiga para aquele que precisa ouvir, em ser humilde em admitir seus erros e fraquezas, em estender a mão para aquele que está abandonado, em dar um copo de água para aquele que sente sede, em dar um sorriso para aquele que só conhece lágrimas...a felicidade, hoje, para mim, esta resumida em ajudar meu próximo, em amá-lo como meu irmão, em perdoá-lo como Deus faz com seus filhos. Minha felicidade não é mais beber bebidas alcoolicas e sair carregada dos lugares, em fumar só por charme, em sair altas horas para voltar com o dia amanhacendo, em estar em barzinhos badalados, em ficar com o cara mais bonito da festa, em beijar só para não dizer que ficou sozinha...minha felicidade esta em estar com pessoas amigas, em estar em contato com a natureza, em poder dizer bom dia para o sol e boa noite para a lua, em sentir um abraço carinhoso, em beijar com amor e respeito...Alguns dirão que sou careta!Afinal, eu só tenho 26 anos!Outros vão dizer que estou no caminho certo. Me importo sim com a opinião dos outros, mas não vão ser elas que vão me levar aonde eu quero ir. Não vão ser elas que me guiarão, pois hoje meu único guia é Jesus e o meu grande mestre Deus. Tudo que parte deles é que me levarão aonde eu quero ir...Errar é humano, mas ter consciência do erro, consertá-lo e não praticá-lo novamente, é Divino.

Nenhum comentário:

Postar um comentário